Dançando Entre Lírios mortos,Livro de poesias de Marcos Antônio Filho(Fábrica de livros,15 Reais)
maiores informações em marcos.antoniofilho@gmail.com ou no próprio blog

sábado, 3 de março de 2007

Um coração

Rosas,
Deram o seu perfume a ela.
A lua,
Deu o seu misterioso e belo semblante a ela.
O mar,
Deu seu maior encanto a ela.
E eu,
Dei meu coração como a prova de amor a ela.

Ela é o significado da ternura,
É tudo que eu sonhei.
Maravilhado com tanta beleza,
Chego a pensar que não mereço amá-la.
Ainda tento esconder esse sentimento,
Mas não consigo, não sou ator.
Tenho um desejo e sonho com ele,
O de ter o coração dela,
Assim como ela tem o meu.

2 comentários:

Sana disse...

Linda poesia. Gostei mto. Vc tem talento. Já t disse isso várias vezes, mas acho q nau foi com essas palavras. Beijinhos

Hebe disse...

oi...que maravilha.poder se abrir dessa forma...falar do amor que sentimos,falar com palavras,com os olhos,com gestos e atitudes...amor tem que ser demostrados de todas as formas...lindo...beijos...Hebe