Dançando Entre Lírios mortos,Livro de poesias de Marcos Antônio Filho(Fábrica de livros,15 Reais)
maiores informações em marcos.antoniofilho@gmail.com ou no próprio blog

domingo, 11 de março de 2007

A falta que corroí

Você faz falta na minha vida.
Você faz falta no meu cotidiano.
Você faz falta nas minhas conversas,
Você faz falta em tudo que eu faço.

A saudade é inigualável.
Você faz falta até na minha poesia.
Sinto demais a sua falta.
E infelizmente tenho que aceitar,
A nossa história acabou.
Eu queria reescrever o final
Mas isso é impossível sem você.
Seja muito feliz sem mim.

4 comentários:

Lidianne Mattiello disse...

Lindo!!!!
Mais sabemos que o final na realidade não esta sendo esse não é???Então vamos viver intensamente essa magia que nós mantem vivos...continue assim.

Beijao!!!

Luana disse...

Oiee
Nossa adorei essa poesia!!!!
Vou roubar pra mim...rsrrsr
Bjusssssssssssssss

Sana disse...

Não gostei mto naum rs Parece uma carta hehe.
Mas é sério, mto triste. Escreva algo feliz.
Tá bom, eu sei das profundezes do seu ser. Sucesso, te adoro!
Beijinhos

Hebe disse...

oi..pq as vezes amar machuca,não deveria ne...mais nem por isso deixamos de amar menos...beijos...Hebe

obs.e triste,mais e real...